Sábado, 16 de Outubro de 2010

Uma grande história

Surripiada ao "mesamarcada", que aqui se deixa linkada e, de seguida, in extenso:

«Aguardamos todos, com indisfarçável expectativa, o momento de finalmente provar o Taylor’s Scion, um dos vinhos mais cortejados do ano, naquele que será, muito provavelmente o Vinho do Porto mais caro de sempre. A história do vinho, apesar da dimensão surreal, conta-se em duas penadas. Um dia David Guimaraens descobriu, quase por acaso, duas pipas de um Vinho do Porto ainda pré-filoxérico, de meados do século XIX, na cave de uma família tradicional do Douro que guardou este vinho precioso como reserva da família durante várias gerações. Aparentemente, por volta de 1850 teriam sido atestadas três pipas com este vinho, uma das quais acabaria por ser comprada por Winston Churchill, tendo os herdeiros decidido vender agora o vinho à Taylor’s.

Perante tal valor em mãos, a Taylor’s teve de decidir entre reservá-lo para abrilhantar os lotes de vinhos mais velhos da casa… ou engarrafá-lo em separado, oferecendo um Porto de 155 anos, nunca antes engarrafado. Como se percebe, a casa decidiu-se pela última cláusula, engarrafando um número exclusivo de garrafas que, como não podia deixar de ser, serão vendidas numa embalagem supinamente luxuosa… a preços bem extravagantes. Mas enfim, quantas gerações foram necessárias para tomar conta deste Porto e trazê-lo até aos nossos dias?

Para quem estiver interessado, o preço recomendado arruma-se nos 2.500€.»


publicado por weber às 10:05
link do post
partilhar
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...