Domingo, 19 de Julho de 2009

A vida não está fácil para José Manuel Barroso

A acreditar nas noticias do Liberation a reeleição de Durão Barroso, o português, para a Presidência da Comissão Europeia não está nada fácil

O que era quase uma certeza, que ele seria reeleito na primeira Conferência de Chefes de Estado após as eleições europeias, não aconteceu.

O que seria o segundo momento desta eleição, a instalação, que terminou quinta-feira, do novo Parlamento, também não aconteceu.

A meta possível é, quando em finais de Setembro o Parlamento agendar a votação, secreta, do Presidente da Comissão.

Mas se a Irlanda votar favoravelmente, como tudo o indica, o Tratado de Lisboa, a eleição de Durão Barroso ou de outro candidato, já exigirá a maioria absoluta dos votos dos parlamentares europeus.

Até lá já exigiram a Durão Barroso que elaborasse um programa para tirar a UE da crise.

Outro factor veio complicar as coisas.

Tony Blair é candidato à Presidência do futuro Conselho Europeu, órgão que saiu do Tratado de Lisboa.

Em que é que isto vem complicar a vida a Durão Barroso?

Dois responsáveis  da Cimeira dos Açores (estiveram lá Aznar e Bush) que deu luz verde para a abertura das hostilidades contra o Iraque, em simultâneo e nos dois postos de comando da UE...não serão demais?

A vida não está fácil para José Manuel!

Ver Aqui mais detalhes.

J.A.

 

tags:

publicado por weber às 15:08
link do post | comentar
| | partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...