Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

Um grande vinho

"O Vinho ESTEVA é um vinho tinto do Douro, atractivo e elegante, que alia carácter e versatilidade numa escolha muito acessível, ideal para o dia-a-dia. Esteva integra a gama de vinhos da Casa Ferreirinha, a marca especialista com mais tradição de vinhos de qualidade no Douro e uma das suas maiores referências mundiais.

ESTEVA 2002 é um vinho de cor vermelho rubi, muito viva. O seu aroma é dominado por notas de frutos vermelhos frescos, características das castas dominantes. Notam-se ainda aromas resínicos e florais, complexados por uma componente amanteigada. Esta complexidade deve-se, por um lado, à utilização de outras castas da Região do Douro e, por outro lado à evolução na garrafa. Possui um bom equilíbrio resultado da suavidade da Tinta Barroca, do corpo e persistência da Touriga Franca e da elegância e taninos da Tinta Roriz. Este conjunto faz do ESTEVA 2002 um vinho de muito fácil consumo, ideal para apreciar jovem, mas que vai evoluir positivamente em garrafa durante 4-5 anos.

ESTEVA é um vinho muito versátil, ideal para acompanhar todo o tipo de aves, carnes variadas, fumeiro e queijos, alguns peixes como o bacalhau e uma variedade de massas e saladas ricas. Idealizado para um consumo jovem, ESTEVA está pronto a consumir e não necessita de ser decantado, excepto se for guardado alguns anos. Servir entre os 16º-18º C.

ESTEVA é produzido a partir de uvas de castas tintas tradicionais do Douro -Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Barroca - provenientes das Quintas do Caêdo, Seixo e Porto (zona do Pinhão, letra A). A estas juntam-se uvas de zonas envolventes de maior altitude, o garantindo o equilíbrio ideal entre maturação e acidez natural, necessário para este vinho. 

O ano vitícola de 2002 registou, após um Inverno anormalmente frio, algumas trovoadas em Agosto muito benéficas para a qualidade e dimensão dos cachos. As uvas seleccionadas e vindimadas à mão foram vinificadas na adega da Quinta do Seixo, com apurada tecnologia. Após suave desengace e esmagamento, as uvas fermentam em cubas de inox, com remontagem e maceração das películas, sob temperatura controlada de 28ºC. Depois da maceração, seguiu-se a fermentação maloláctica, que decorreu nas melhores condições.

Os vinhos seleccionados para ESTEVA 2002 passaram o Inverno na Quinta do Seixo em cubas de inox. Sujeitos às baixas temperaturas naturais, os vinhos clarificaram naturalmente, antes de serem trasfegados e transportados para V. N. Gaia. Com base numa cuidada selecção e inúmeras provas, foi criado o lote final que, após os cuidados necessários para consumo em estado jovem, foi engarrafado. A garrafa deve ser guardada deitada, em local seco e fresco, sem luz excessiva."

tags:

publicado por weber às 14:45
link do post | comentar
| | partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...