Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

Camões

Nestes tempos insanos, de mor hipocrisia e de embustes, a cada curva da vida, Luís Vaz sempre certeiro. J.A.

 

 

 

 

 

Ao desconcerto do Mundo

 

Os bons vi sempre passar
No Mundo graves tormentos;
E pera mais me espantar,
Os maus vi sempre nadar
Em mar de contentamentos.
Cuidando alcançar assim
O bem tão mal ordenado,
Fui mau, mas fui castigado.
Assim que, só pera mim,
Anda o Mundo concertado.

 

Luís de Camões

 

tags:

publicado por weber às 15:54
link do post | comentar
| | partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...