Sábado, 27 de Junho de 2009

Anselmo Borges é uma dádiva

Nestes tempos infaustos, insanos, tresloucados, há pouca gente de qualidade e, mesmo tendo-a, que me provoquem uma tamanha adesão e apaziguamento. Isto acontece com o intelectual, no sentido que a primeira metade do século XX, no Ocidente, lhe atribuiu, Anselmo Borges, que assina crónica hebdomadária no D.N.

Leiam-me esta, Aqui actualíssima, sobre a Imagem de Deus e do Homem e partilhem, por favor, comigo este meu convencimento; ele é o meu "padre", o meu ideólogo, na actualidade.

Bem haja por tanto!

J.A.

Pormenor da Capela Sistina, Miguel Ângelo: Deus.

tags:

publicado por weber às 16:17
link do post | comentar
| | partilhar

.pesquisar

 

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...