Quinta-feira, 18 de Junho de 2009

Sócrates em processo de reciclagem, faz fomação continua e acelerada

Ontem, José Sócrates, teve dois momentos raros e ímpares na vida de um politico, em desaceleração, e no poder.

Na sede do regime, a Assembleia da República, foi sujeito a uma Moção de censura da parte do CDS, que obrigou o PSD a acompanhá-lo e da "censura" verbal do PCP e do B.E.

O P.M. enfrentou, pois, o que se chama uma federação, um cartel, negativo.

Dizem-me que se saiu bem.

À noite esteve na SIC e na SIC-noticias à conversa com, a que eu considero a melhor entrevistadora da actualidade nas televisões em Portugal, a jornalista, Ana Lourenço.

Reproduzo, a partir do DN, parte dessa conversa na SIC. Veja Aqui

J.A.


publicado por weber às 09:13
link do post | comentar
| | partilhar
:
De Logros a 19 de Junho de 2009 às 03:37
Ainda hoje ouvi parte de "A Quadr. do Círculo" na Sic- N, onde pontifica o "estratega" de MFL, JPP.
Não consegui ouvir metade, tal a expressão insolente de troça, e despeito mal disfarçado, desse truão, sobre a entrevista, e respectiva performance na A R, do PM.. Desde "esquizofrénico", a completamente incompetente, um verdadeiro amontoado de defeitos, lástimas e "propaganda" foram imputados a J. Sócrates.
Não há pachorra para tanto ácido súlfúrico, devidamente corroborado pelo "camarada" do Portas, Lobo Xavier.
Que superioridade moral tem esse JPP, um homem que apoiou bushismos e intervenções no Iraque, para diapasão de alguma coisa?

Apagar o aparelho é o remédio. Foi o que fiz.

I.


De weber a 19 de Junho de 2009 às 09:15
O acto de apagar o aparelho pode funcionar, nas circunstâncias em que nos encontramos, como metáfora.
O P.S., que conheço, mas de que não gosto é, exactamente, o do "aparelho", que, na última Comissão Politica, no Rato, ou não disse nada, ou o que disse foi só para agradar ao Chefe.
Os grandes generais, não se afirmam na glória de uma vitória, mas, outrossim, no transformar uma derrota - na próxima vitória.
Sobre o resto...fez muito bem em desligar o aparelho, o dito plasma: eu já não tenho pachorra para aturar o Xavier, menos ainda o Pacheco.
O António Costa, de quem eu gosto, ali - tem de fazer pela vida...
Abraço grande,
J.A.


Comentar post

.pesquisar

 

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...