Quarta-feira, 17 de Junho de 2009

Pérsia: a ferro e fogo

No milenário país, que segregou impérios e líderes de dimensão messiánica e de grandeza nunca vista, as ruas, na actualidade, transformaram-se em lugares de batalhas tremendas. Uns, dizem, para reclamar a vitória do candidato reformista no veredito popular das urnas. Os outros, para confirmarem a palavra do ministro do Interior e do ayatola, líder espiritual desta república islámica.

Veja-se a reportagem da correspondente do El País clarificadora do que está em jogo nesta situação.

Obama tem-se revelado de uma prudência e de um tacto diplomático invejáveis.

J.A.


publicado por weber às 13:02
link do post | comentar
| | partilhar

.pesquisar

 

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...