Domingo, 7 de Junho de 2009

Resultados, praticamente definitivos

Confirma-se a vitória do P.S.D., seguido do P.S., B.E., C.D.U. e C.D.S.

Veja-se Resultados desde 1987 até agora.

O P.P.D./P.S.D., de facto, já não ganhava eleições para o Parlamento Europeu, desde 1989.

J.A.


publicado por weber às 22:53
link do post | comentar
| | partilhar
:
De Logros a 7 de Junho de 2009 às 23:25
O PSD manteve os seus clientes; os votos que faltam ao PS, foram para o BE, para os "brancos" e para os que ficaram em casa. "Setôres", "médicos", "juízes", "farmácias" - todas as "corporações" em que Sócrates mexeu para modernizar e racionalizar o país - foram de fim-de-semana. Ainda onyem ouvi uma magistrada de uma certa Relação, exortar as empregadas do cabeleireiro, a não irem votar...

Portugal bate em si próprio. É giro. É um país sado-maso. :)))))

E afinal tanta balbúrdia vitoriosa laranjista, só por mais um deputado.


Grande abraço, JA.

I.


De weber a 7 de Junho de 2009 às 23:40
Sempre certeira e mordaz.
Abraço,
JA


De José Ricardo Costa a 8 de Junho de 2009 às 09:51
Sempre votei no PS, sou um dos muito "setôres" que deu a maioria absoluta ao engenheiro e que, agora, nem que me enterrassem na lama até ao pescoço, o voltaria a fazer.

Dizer que deixo de o fazer porque Sócrates quis modernizar e racionalizar a educação significa não entender nada da realidade. Continuem a pensar assim e daqui a uns meses voltaremos a conversar.

JR


De weber a 8 de Junho de 2009 às 10:22
Eu, nem sempre.
Faço-o já há quase vinte anos.
Umas vezes com mais entusiasmo, outras nem por isso.
Hoje, não vem a propósito os meus sentimentos.
Dizer-lhe: não esperarei o tempo que sugere para falarmos.
Seu leitor dedicado, hei-de falar consigo sobre politica (no sentido menos espuma dos dias...), de ética, de Eça, de estética, de filosofia (aqui você é o Mestre, que eu gosto de ler) e não vou esperar o tempo que me sugere para falarmos de Sócrates.
Como já lhe disse, o meu gosto, preferência, vai para os antesocráticos, mas a ética exige-me alguma solidariedade por quem você deixou de ter consideração.
É o que nos divide.
Na soma e no resto, quase tudo nos liga.
Da minha parte, assim é.
Abraço,
J.A.



De Logros a 8 de Junho de 2009 às 20:47
O que é que se chama fechar escolas isoladas com menos de 10 alunos? Ampliar apoios sociais escolares de transporte, abono e refeições? Mais a distribuição do vituperado "Magalhães"?
O que se chama, para o Ensino Superior, publicar finalmente HIGIENIZADO, um novo Estatuto da Carreira Docente, para acabar com as "panelas"? E tantas mais coisas de visão nacional.
Os "setôres" ainda não entenderam que se fazem muito menos meninos para eles ensinarem. A demografia caiu e vamo-nos contentando com "a produção" emigrante de 2.ª geração, com todos os acertos políticos e educacionais que isso exige.

Decerto foram cometidas injustiças em "grelhas" e categorizações, como em todas as reformas que envolvem grandes estruturas.
Mas isso não explica o ressabiamento geral, aquele horrendo, insolente e demagógico sr. funcionário do Sindicato PC, com a Direita mais cavernícola a bater palmas.

Neste país, quem quer mexer nos comodismos de classe, que estão desactualizados e inadequados é crucificado. Sempre assim foi.
A vida está dura? Pois está. Para alguns sempre esteve.

Como já disse noutro comentário, neste blogue, que é um dos poucos que visito, se Sócrates perder as Legislativas será a vontade clarividente da nação que assim o quer.

Saudações.

I.


Comentar post

.pesquisar

 

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...