Quinta-feira, 4 de Junho de 2009

Cometa Hale-Bopp

O cometa Hale-Bopp enriqueceu as nossas noites quando passou pelo sistema solar interior em 1997. Observável a olho nu, era a imagem de um cometa clássico, com uma cabeça brilhante e uma extensa cauda. Depois, seguiu o seu trajecto afastando-se do Sol, e em Março de 2001 encontrava-se a meio caminho entre as órbitas de Saturno e Úrano. Devido à elevada inclinação da sua órbita, podia ser visto a sul da Grande Nuvem de Magalhães, na constelação do Dourado. Esta imagem, obtida em Março de 2001, mostra que o famoso cometa ainda se encontrava activo apesar de se situar a 2 mil milhões de quilómetros do Sol. Repare-se na enorme coma que ainda possui, e no jacto encurvado na coma, formado por poeira e gás a escapar-se do núcleo. A extensão total do cometa é ainda de pelo menos 2 milhões de quilómetros. Esta imagem é uma composição de exposições obtidas em 3 noites diferentes. Devido ao movimento do cometa durante esse tempo, aparecem várias imagens de cada estrela na composição final.
Esta foto foi obtida em 7 de Junho de 2007.

No mesmo dia de 2009, que imagem teremos?!...

Os créditos fotográficos vão para o ESO.


publicado por weber às 11:33
link do post | comentar
| | partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...