Terça-feira, 19 de Maio de 2009

Hortênsia (Hidrangea Macrophyla)

Para o Porto, com muito carinho. No cemitério do

prado do repouso, à Boavista, há imensas.

J.A.

tags:

publicado por weber às 10:46
link do post | comentar
| | partilhar
:
De Logros a 20 de Maio de 2009 às 01:48
Uma pequena rectificação:
O "Prado do Repouso" é na Av. Rodrigues de Freitas, aquela rua larga que vai do Jardim de São Lázaro até a Rua do Heroísmo. É nessa rua que fica a velha Escola de Belas-Artes. O da Boavista é o de Agramonte; está lá sepultada a Guilherm ina Suggia. O Eugénio de Andrade foi para o "Prado" e tem um jazigo desenhado pelo Siza Vieira. O Soares de Passos de "O Noivado do Sepulcro" está no da Lapa;
a sua bela hidrângea fica em sua memória e de muitos outros artistas que aqui jazem.

Abraço
I.


De weber a 20 de Maio de 2009 às 11:22
Obrigado pela correcção.
As minhas geografias da Invicta andam muito perras. Eu, que frequentei (e apanhei flores, hortênsias no cemitério de Agramonte ..);
Eu, que frequentei a boémia de belas-artes e o café de S. Lázaro;
Eu, que frequentei a república 24 de Março, na rua do Heroísmo;
Eu, eu...
Aceito o encargo, partilhado com a minha recente amiga, e belíssima poeta, de ofertar a Hidrângea a todos esses que anunciou (e aos outros tantos que sugeriu...) e ainda ao nosso querido D. Pedro IV, cujo coração ficou na igreja da Lapa (por amor ao Porto liberal, mais tarde "cidade nebrinosa, presa do entardecer").
Abraço grande,
JA


Comentar post


. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...