Terça-feira, 19 de Maio de 2009

Obama "exige" a Netanyahu um Estado Palestino

Ontem, os dois líderes, americano e israelita, encontraram-se na Casa Branca Estado Palestino

A AGENDA da reunião, que durou quatro horas, era muito exigente e complexa. As preocupações, assim como as biografias, dos dois dirigentes são muito distintas.

O articulista do El País utiliza uma expressão deveras interessante: "quando um dizia maçãs, o outro respondia peras".

Barach Obama tem a sua agenda, está determinado em segui-la, pragmático, pode ter que a afeiçoar aos interlocutores e à prudência, que dossiers deste melindre obrigam.

Vai agora reunir-se com a senhora Clinton e com congressistas. Depois, depois há-de receber o presidente Hosni Murabak, do Egipto e, de seguida, o presidente da  Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas.

No dia 4 de Junho, Barack Obama parte para o Cairo, onde fará, porventura, o discurso mais importante de quantos já celebrou: vai dirigir-se ao mundo islâmico e, cada respiração sua pode valer a diferença, que vai do sucesso ao desastre.

Esperemos para ver e acreditemos, por uma vez, que Adonai é grande!

J. Albergaria

tags:

publicado por weber às 09:38
link do post | comentar
| | partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...