Segunda-feira, 11 de Maio de 2009

O Anti-Maquiavel II

Frederico da Prússia, já o vimos, faz pouco tempo, decidiu, de modo critico, desconstruir, a partir de uma posição de bondade e humanismo, o tão glosado "Príncipe" de Maquiavel. Fê-lo, ponto por ponto, capitulo por capitulo, asserção por asserção.

Veja-se, hoje, o que ele escreveu sobre: [Quanto pode a fortuna nas coisas humanas, e em que modo se haja de lhes resistir]

(...) A temeridade é brilhante, confesso-o, espanta e maravilha; mas trata-se de um belo exterior, dado que é fecunda em perigos. A prudência é menos viva, tem menos brilho; mas marcha com passo firme e sem vacilar.

(...) Concluo, então, que um povo arrisca muito com um príncipe temerário; que está ameaçado por um perigo contínuo; e que o soberano circunspecto, se não serve para grandes empresas, parece nascido com talentos mais capazes do que os do primeiro para tornar felizes os povos que se encontram sob o seu domínio. O forte dos temerários são as conquistas: o forte dos prudentes é a conservação delas.

(...)Mas quem são os príncipes dos quais pretendemos tão raros talentos? Trata-se de homens, e será verdadeiro dizer que, segundo a sua natureza, lhes é impossível corresponder a todos os seus deveres; seria menos difícil encontrar a fénix dos poetas e as unidades dos metafísicos do que o homem de Platão. É justo que os homens se contentem com os esforços que fazem os soberanos para atingir a perfeição. Os mais dotados de entre eles serão os que, mais que todos, se afastarão do Príncipe de Maquiavel."

Insisto. Esta obra, de um grande humanista, de um excepcional Príncipe, que foi Frederico, o Grande, da Prússia, deveria ser estudada nas escolas e, sempre, em linha com o outro livro, de Maquiavel.

Repare-se na justeza destas palavras aplicadas, a estes pares:

1/Bush/Obama;

2/Anibal Cavaco Silva/José Sócrates;

3/Vital Moreira/Paulo Rangel;

4/António Costa/Pedro Santana Lopes;

5/Hugo Chávez/...

6/Fidel Castro/Raul Castro.

Livro imperdível.

J.Albergaria

tags:

publicado por weber às 11:11
link do post | comentar
| | partilhar

.pesquisar

 

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...