Domingo, 10 de Maio de 2009

As convicções no baloiço

Nuno Brederode dos Santos, homem de mor erudição, bom d'escrita, de fino recorte literário (ainda está por explicar a saída deste soberbo cronista, o melhor da actualidade, do Expresso) hoje dedica a sua crónica à espuma dos dias baloiço  mas também àquilo que é fundamental: o exercício do voto, acto em que um qualquer cidadão se sente "o dono do mundo".

De leitura obrigatória.

J.Albergaria

tags:

publicado por weber às 13:21
link do post | comentar
| | partilhar

.pesquisar

 

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...