Sexta-feira, 8 de Maio de 2009

A nova lei do financiamento dos partidos

A semana passada, o Parlamento, aprovou, parece que à medida das "necessidades" da Festa do Avante dos comunistas portugueses, uma "nova" Lei do financiamento dos partidos.

A Lei foi votada por "unanimidade".

Não é exacto. O deputado socialista António José Seguro votou contra e Matilde Sousa Franco, do mesmo grupo parlamentar, absteve-se.

Entretanto João Cravinho já se insurgiu e pede a intervenção do PR para vetar a Lei.

Agora, chega-nos outra voz, de peso e contundente António Costa

O Presidente da Câmara de Lisboa diz uma coisa deveras interessante. Esta Lei tem de ser o que é, e, dado o melindre da matéria, também o que parece. E o que parece é que os puritanos, os da luta sem quartel contra a corrupção, quando se trata de interesses próprios e corporativos -mandam isso tudo às urtigas.

Este assunto ainda não está encerrado.

J.Albergaria

tags:

publicado por weber às 11:19
link do post | comentar
| | partilhar

.pesquisar

 

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...