Segunda-feira, 4 de Maio de 2009

O silêncio de Manuel Alegre

Não tem explicação.

O vate jovial, o poeta de o Século, tão lesto a zurzir nos PS socratista, está de "rodrigues" e não diz nada sobre os desacatos a Vital Moreira durante o desfile do 1.º de Maio CGTPista.

Pode não ter ouvido nada.

Pode não ter visto nada.

Pode....pode...

Não tem explicação o silêncio do poeta: os poetas foram inventados para dizerem, para falarem em nome dos que não têm voz.

O poeta de o Século deve pensar que já disseram os que tinham que dizer sobre os desacatos.

Siga a dança em Portugal.

J.Albergaria

Frase de Manuel Alegre: "Quando for hora de falar, falarei".

Adenda:

Manuel Alegre, como lhe competia, acaba de tomar posição, sem margens para dúvidas, no seu blogue e em Editorial, da sua responsabilidade. Sauda-se pois a palavra clara e importante de Manuel Alegre, que pode ler adiante: Alegre e os desacatos sobre Vital Moreira


publicado por weber às 10:49
link do post | comentar
| | partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...