Sexta-feira, 1 de Maio de 2009

Fúria "popular" abate-se sobre Vital Moreira no 1.º Maio da CGTP

 

 

A fúria de "populares", indefinidos e indeterminados, mas cujas imagens circulam nas várias cadeias de televisão, abateu-se sobre Vital Moreira, integrante da tradicional delegação do PS, durante o desfile do 1.º de Maio organizado pela central comunista, CGTP-Intersindical.

As explicações dadas por Carvalho da Silva foram frouxas e remetendo para um estado de espirito...de desempregados, pobres. Os que atacaram Vital Moreira eram desempregados? Estão a passar fome? Os gritos que se ouvem são de "traidor", fundamentalmente. Mas perguntar-se-á: traidor de quê? traidor a quem?

As declarações de Miguel Portas são, simplesmente, inacreditáveis. Diz este senhor bloquista, que Vital Moreira nunca seria bem vindo à manisfestação da Inter! E porquê?

A reacção de Paulo Rangel, essa, pareceu-me consistente e regular com os preceitos da sã convivência democrática.,

O SG do PCP, Jerónimo de Sousa, manhoso, excusou-se a comentar algo que desconhecia e sobre o qual não  podia, pois, pronunciar-se. Cautelas e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém!

Vital Moreira espera explicações cabais e substantivas da CGTP sobre estes desacatos.

Esta seria, porventura, a "democracia popular" que os dirigentes comunistas da CGTP pretenderiam instalar em Portugal...é bem provável.

J.Albergaria


publicado por weber às 19:03
link do post | comentar
| | partilhar

.pesquisar

 

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...