Sexta-feira, 1 de Maio de 2009

Jean-Baptiste-Camille Corot

Em louvor de Agustina Bessa-Luís, a amarantina, conterrânea de Amadeo e escritora da minha biblioteca imaginária, aqui fica: "Sibylle", 1870.

Obra de Corot, conotado com a escola dos Impressionistas.

J.A.


publicado por weber às 13:54
link do post | comentar
| | partilhar

.pesquisar

 

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...